Imagens recentes do planeta-anão Ceres revelam algo estranho na superfície

O planeta-anão Ceres é bem esquisito, com seus pontos brilhantes e sua montanha de duas faces. E, com as imagens obtidas no mais recente sobrevoo feito pela NASA, as coisas estão ficando ainda mais estranhas.

A agência espacial publicou esta versão animada do voo sobre Ceres usando as novas imagens de baixa altitude obtidas do planeta, a uma distância de pouco menos de 1.500 km. Então, o que vemos aqui que não tinha aparecido anteriormente?

Há uma visão boa e incomum dos pontos brilhantes, de como eles estão distribuídos na geografia, e de todos os tipos diferentes de crateras que os abrigam. O mais interessante pode ser o filtro de cores falsas que a NASA aplicou sobre tudo.

Por quê?

Porque, basicamente, o filtro de cores também age como um mapa de idade. As regiões mais azuladas são as áreas mais jovens da superfície, enquanto as áreas mais puxadas para o cinza e o marrom são as mais velhas.

Como você pode ver no vídeo, estas cores estão bem misturadas ao longo da superfície. Em outras palavras, este não é um planeta-anão morto, mas sim um que estava ativo em um período recente — ou, talvez, ainda esteja ativo.

Pode ser que um asteroide tenha exposto gelo da parte interna. Cientistas sabem que Ceres já teve um oceano gelado em seu núcleo, e provavelmente ainda o tem. É possível que a radioatividade no interior do planeta tenha derretido parte do gelo, criando um lago ou um mar. Será que a vida evoluiu abaixo da superfície?

Ceres fica no cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter. Há um ano, a sonda Dawn da NASA entrou na órbita do planeta-anão, para descobrir segredos sobre o início do sistema solar. Ela ficará na órbita de Ceres por anos, mesmo após a sua missão principal terminar em junho.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *