Resta apenas uma Blockbuster aberta em todo o mundo

Neste fim de semana, o público verá uma nostálgica viagem aos anos 90 com a estreia de Capitã Marvel. Os mais jovens verão a locadora Blockbuster, que aparece no filme, e não saberão dizer o que ela era. Ao mesmo tempo, a equipe da última Blockbuster na Austrália estará encerrando o negócio e fechando a loja. Depois disso, restará apenas uma única loja dessa venerável franquia na Terra.

• Séries e filmes da Netflix agora estarão disponíveis para clientes NET

De acordo com a Australian Associated Press, a Blockbuster localizada no subúrbio de Morley, em Perth, finalmente sucumbiu à concorrência dos serviços de streaming de vídeo e notificou os clientes de que fechará suas portas até o final do mês. Você não pode fechar de uma hora para a outra, os clientes precisam devolver os DVDs. E, a partir de 8 de março, os vários produtos da marca Blockbuster estarão à venda para colecionadores e sentimentalistas.

A Blockbuster foi um gigante da locação de vídeo e chegou a ter 9 mil lojas no auge de sua dominação. Mas, à medida que seu negócio desapareceu, as locadoras restantes se transformaram em algo mais parecido com as lojinhas de bairro, onde você poderia bater papo sobre cinema com os funcionários.

“Nós recebemos clientes o tempo todo pedindo que não fechássemos, pois eles ainda desfrutam da experiência e do serviço que oferecemos”, disse a proprietário da loja, Lyn Borszeky, à AAP. “Em primeiro lugar, o número de clientes que ficaram desapontados quando as lojas fecharam e, em segundo lugar, nossa indústria era uma grande empregadora de estudantes universitários, que amavam seus filmes e mostravam sua paixão ao conversar com os clientes.”

A última loja de tijolo e argamassa Blockbuster existente na Terra está localizada em Bend, no estado norte-americano do Oregon, e transformou seu status de raridade em uma atração para turistas, chegando até mesmo a vender sua própria cerveja artesanal.

Pessoalmente, eu não tenho muita nostalgia pela Blockbuster especificamente, mas eu sinto falta das locadoras de vídeo. Lembro que nos últimos dias antes de a Netflix dominar o mundo, a Blockbuster era a única locadora que você encontrava por aí. A empresa viu o que o futuro a reservava e começou a oferecer aluguéis ilimitados.

Eu estava na faculdade, tinha um bom tempo livre e ia até lá uma ou duas vezes por dia para pegar outro filme. Os funcionários me conheciam e riam quando eu chegava, como se dissessem: “Quantos filmes esse cara consegue assistir?” Hoje em dia, passar uma tarde inteira de sábado vendo TV é perfeitamente normal, já que todos nós parecemos estar desesperadamente famintos por conteúdo.

Steven Spielberg provocou um novo debate sobre o futuro das salas de cinema com sua campanha para proibir os filmes da Netflix de serem elegíveis para a premiação do Oscar. Tendo visto o esvaziamento das locadoras, muitos amantes do cinema querem ser proativos em amortecer o impacto do streaming para suas amadas salas de cinema. A Netflix se prontificou a listar todos os benefícios que o streaming oferece e insiste que adora filmes tanto quanto qualquer outra pessoa.

A crítica de cinema Emily Yoshida entrou na briga, tuitando: “Eu amo filmes. Filmes são uma grande parte da minha vida. A Netflix pode alegar sentir amor pelo que quiser, mas eu adoro o Netflix do mesmo jeito que eu adorei no meu videocassete em 1995 e no meu DVD em 2001.” É um bom argumento: não é exatamente ofensivo à Netflix, mas reconhece que ela é uma ferramenta em vez de uma instituição amada.

Não me lembro do nome da marca do meu videocassete de quando era adolescente, mas ainda lembro o nome do dono da locadora do meu bairro. A loja era um local de encontro para as pessoas da vizinhança, claro, mas também era como uma galeria de arte para filmes. A Blockbuster pode ter sido um lugar mais corporativo e estéril, mas ainda oferecia essa oportunidade de simplesmente matar algum tempo passeando pelos corredores, admirando as artes das caixas e pensando em quantas estrelinhas um filme deveria ter para você levá-lo para casa naquela noite.

[Australian Associated Press via Business Insider]

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + dezessete =