Se vivermos mais um bilhão de anos, muita coisa maluca vai acontecer

Vamos simplesmente jogar esta aqui na categoria de ficção científica. O que aconteceria se vivêssemos por mais um bilhão de anos? Algumas coisas bem legais, com uma dose saudável de desastres horríveis.

• Cientistas mostram que é possível fazer tijolos com poeira lunar e luz do Sol
• Maioria dos planetas habitáveis parecidos com a Terra pode ser de mundos aquáticos

É bom salientar que esse vídeo feito pelo RealLifeLore é apenas especulação baseada em evidências, mas é uma fascinante especulação baseada em evidências. Por exemplo, se chegarmos ao ano 10.000 DC, teremos que lidar com o bug do decamilênio. Será exatamente como o bug do milênio, mas com um dígito a mais.

Em 20.000 DC, apenas 1% do idioma moderno ainda seria usado. Pulando mais um milhão de anos, uma erupção vulcânica de nível beirando a extinção é esperada na Terra, então, com sorte, teremos conquistado o objetivo de terraformar Marte, o que, estima-se, será possível em 100.000 DC. Se estivermos viajando pelas estrelas, colonizando outros planetas, em 2.000.000 DC podemos estar evoluindo para uma espécie completamente diferente.

Mas tudo isso ainda é o nosso futuro próximo. Vamos pular para o ano de 250 milhões DC, quando todos os continentes da Terra estarão fundidos e, então, vão se separar novamente uns 200 milhões de anos depois. Quando alcançarmos a marca de 600 milhões de anos, a Terra será majoritariamente inabitável, por causa de inúmeros eventos prováveis, inclusive a morte de 99% das plantas. E, após um bilhão de anos, a temperatura da superfície da Terra provavelmente estará em torno de 47,2ºC e sua água terá evaporado.

Veja todos esses eventos e muitos outros no vídeo completo abaixo.

[RealLifeLore]

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *