Como as mentorias podem se tornar uma forma de aprendizagem de via de mão dupla?

As empresas que possuem mentores crescem até três vezes mais rapidamente e geram cinco vezes mais empregos, em comparação a empresas comuns. Essa afirmação é de Igor Piquet, da Endeavor, uma das principais organizações de fomento ao empreendedorismo do mundo e parceira da Braskem no programa Braskem Labs.

Quem possui ao menos vontade de empreender sabe o quão importante são as mentorias, desde a fase de validar a solução até mesmo quando o negócio já está buscando escala no mercado. Afinal, são por meio dessas conversas que erros são evitados, questionamentos resolvidos e novas perspectivas de negócio encontradas.

“Unir uma pessoa que já passou por um determinado problema, com uma pessoa que esteja passando pelo mesmo problema traz uma solução mais rápida e uma grande troca de experiências. Essa é a grande essência da metodologia das nossas mentorias e das mentorias que foram ministradas no Braskem Labs”, enfatiza Igor, um dos responsáveis pelos treinamentos de mentores da Endeavor.

No Braskem Labs, as mentorias acontecem durante a fase de capacitação e são realizadas com especialistas treinados e selecionados pela Endeavor para oferecer o maior nível de expertise a cada participante. Totalmente voltadas ao negócio, às dores e às dificuldades dos empreendedores, estes encontros são um dos pontos de destaque do programa, que neste ano está indo para sua segunda edição.

Segundo Igor, os assuntos tratados podem ser dos mais variados. Estrutura do modelo de negócio, validação da solução, prototipagem do projeto e valoração do produto são alguns dos pontos principais. Enfim, qualquer tópico em que o empreendedor tenha dúvida e o mentor expertise no assunto. Por isso, é tão importante o match entre ambas as partes.

Bom, realmente as mentorias são essenciais para os empreendedores. Isso é um fato. Porém, qual a grande relevância para os mentores? O que faria profissionais já consagrados na Braskem a acumularem outra função – muitas vezes distante da sua rotina profissional- para orientar futuros empreendedores?

Rafael Navarro, responsável pela área de inovação da Braskem e um dos mentores da primeira edição do programa, afirma que logo que se candidatou impressionou-se com a qualidade do formato da capacitação. “Eu já havia tido uma experiência anterior como mentor, mas no Braskem Labs foi algo muito diferente. A primeira coisa que me chamou atenção foi como tudo era muito bem estruturado, muito profissional. Lá eu tive certeza que o meu tempo como mentor estaria sendo muitíssimo bem utilizado”, explica.

Diferentemente de Rafael, Eduardo Perez, líder de negócios de solvente da Braskem, nunca havia tido uma experiência como mentor, porém isso não foi empecilho para a escolha. “Eu me inscrevi porque tenho interesse em inovação e empreendedorismo. E ao decorrer do programa percebi como tudo foi muito bem feito e interessante”, conta.

Apesar da diferença entre Rafael e Eduardo, há algo que os unem nessa trajetória: o sucesso do Braskem Labs e o aprendizado de via de mão dupla. Ambos os mentores concordam que o trabalho foi árduo, mas o resultado é gratificante. É isso que os fazem querer participar. É isso que faz o programa ficar para sempre na memória.

Não quer perder nada do Braskem Labs ao longo dos meses? Assine a newsletter oficial do programa e fique por dentro de cada etapa.

You may also like...