Se você está indo para os EUA, fique esperto com as filas nos aeroportos

por Daniel Junqueira

Vai para os EUA? Então pode se preparar para encarar longas filas – e não estou falando do lançamento de nenhum gadget. A TSA, agência responsável pelos aeroportos dos EUA, está sofrendo com falta de funcionários para checar as bagagens dos passageiros, e, como consequência, filas imensas estão se formando dentro dos aeroportos do país.

Já faz algumas semanas que as coisas saíram do controle. Inicialmente, a TSA culpou passageiros que não estavam preparados para passar pela checagem, mas acabou mudando a versão e admitindo a falta de funcionários.

As coisas estavam bem feias, como mostram essas fotos e vídeos postados no Twitter e Instagram:

Pre-check 350 people deep at 5:30am at ORD. #iHateTheWait pic.twitter.com/sPFzxMAZKW

— Steve Kakos (@stevekakos) May 17, 2016

Holy Crap this line goes all the way down the hall and out the doors! #ihatethewait @TSA @fly2midway pic.twitter.com/bc1j45iIqk

— Michael Bednarczyk (@mike6545) May 17, 2016

Uma foto publicada por Katie (@eatyourcakegirl) em Mai 16, 2016 às 3:06 PDT

Uma foto publicada por @jenp129 em Mai 16, 2016 às 8:21 PDT

O vídeo abaixo mostra um rapaz andando até o fim da fila. São mais de 2 minutos até ele alcançar o outro lado – parecia que nunca teria fim!

Os aeroportos dos EUA estão mais cheios do que de costume, com até 15% mais passageiros em 2016 do que nos mesmos períodos de 2015. Mas o crescimento na quantidade de pessoas que passam pelos terminais não foi acompanhada pela contratação de novos funcionários para realizar as checagens, e, assim, filas cada vez maiores se formam nos aeroportos dos EUA.

Enquanto a TSA não soluciona a questão – o governo federal dos EUA já liberou grana para a contratação de 6.000 novos funcionários – algumas companhias aéreas buscam uma saída por conta própria. É o caso da Delta, que investiu mais de US$ 1 milhão para instalar novos equipamentos de segurança para seus clientes. Até cinco passageiros podem ser vistoriados simultaneamente, e eles podem colocar até todos os pertences na mesma bandeja, sem precisar ficar espalhando por duas, três ou até mais.

Mas as coisas ainda devem permanecer caóticas por algum tempo. Então, além de todas as irritações convencionais de viagens, esteja preparado para encarar filas bem longas quando chegar aos EUA – e leve algo para fazer enquanto espera, porque pode demorar algumas horas até chegar a sua vez.

[Gizmodo US 1, 2]

Imagem do topo: Ted S. Warren/AP

You may also like...