TIM Beta tira redes sociais e muda sistema de pontuação para Beta Lab

A TIM anunciou nesta segunda-feira (1º) novidades no sistema de pontuação do TIM Beta, plano pré-pago que oferece mais benefícios para quem atinge objetivos a cada três meses.

Ao alcançar a meta do chamado blablablâmetro, o cliente se torna “Beta Lab”, que dá direito a um convite — para que outro cliente da operadora se torne Beta — e opção de plano com 20 GB de franquia de internet, 2.000 minutos e SMS ilimitados por R$ 55/mês.

• TIM Beta mensal passa a custar R$ 55• Oi Controle tem pacote de 50 GB com Netflix ilimitado por R$ 99,90 e opção que rivaliza com TIM Beta

Antes, era necessário atingir 1.600 pontos no final de cada rodada, que poderiam ser obtidos com recargas, ativação de pacotes, desafios e logins nas redes sociais (Facebook, Twitter e Pinterest) – somando tudo, a pontuação máxima era de cerca de 1.700 pontos. A partir de agora, as redes sociais saem do jogo e será preciso atingir 1.230 pontos.

Isso significa que só haverá três formas de acumular pontos no TIM Beta:

  • fazendo recargas a partir de R$ 20;
  • renovando os pacotes em dia;
  • participando dos desafios (são oferecidos pontos extras por recargas de determinado valor, por exemplo).

Com a pontuação máxima de recarga (até 900 pontos) e adesão de planos (até 400), será possível fazer 1.300 pontos. Ou seja, para quem adere ao plano mensal, não muda muita coisa. No entanto, para quem prefere utilizar os benefícios diários ou semanais, será mais difícil atingir a cota.

Tabela de pontuação do TIM Beta em 2019

O novo sistema de pontuação passa a valer a partir da rodada de abril, que foi iniciada no dia 1º. Apesar da página da operadora não exibir o status atual, as regras já estão valendo. Os pontos acumulados entre janeiro e março ainda estão sendo registrados pela TIM.

You may also like...